Quanto mais baixo falamos, mais as crianças ouvem!

Quanto mais baixo falamos, mais as crianças ouvem!

Gritar com os nossos pequenitos é, muitas vezes, uma resposta automática a um comportamento ou atitude que nos descontenta, mas é o certo?

No dever de educar, gritamos, embora, às vezes, o grito pareça funcionar, devemos estar conscientes que não só não educamos, como geramos confusão e angústia na criança, às vezes, envolta em alguma raiva, como quem pensa “é injusto, estão sempre a gritar comigo.” 

Educar sem gritar é a melhor opção que podemos assumir como pais e educadores. Gritar não é pedagógico nem saudável para o cérebro da criança, porque longe de resolver algo, o que se consegue com isso é ativar dois tipos de respostas emocionais: o medo e/ou a raiva.

Devemos educar, disciplinar com base no coração, na empatia e na responsabilidade. Educar sem gritar não é apenas possível, mas sim necessário. Disciplinar, corrigir, orientar e ensinar sem recorrer ao grito tem um impacto positivo no desenvolvimento da personalidade da criança. É uma maneira eficaz de cuidar do seu mundo emocional, de cuidar da sua autoestima, dar exemplo e fazer ver que existe outro tipo de comunicação.

Embora envolva alguns esforços, é possivel comunicar, educar e disciplinar de forma mais saudável os nossos pequenitos!

----------------------------------------------------------------------------------------------------------

Visite a nossa loja, temos milhares de artigos a preços imbatíveis! Somos uma loja especializada na compra e venda de roupas usadas de bebé e criança dos 0 aos 6 anos. Na nossa loja vai encontrar roupa de bebé e criança barata, mas das melhores marcas.

Partilhar este post...
Tópico anterior Próximo post

Comentarios

Deixe comentário