Falemos sobre os direitos das crianças!

Falemos sobre os direitos das crianças!

Ainda que no dia 20 de Novembro de 1989 as Nações Unidas tivessem adaptado por unanimidade a Convenção Sobre os Direitos da Criança (CDC – documento que enuncia os direitos), no nosso mundo, infelizmente, ainda existem muitas crianças desrespeitadas. Quer seja com falta de amor como com falta de família e sem direito aos cuidados de saúde. Triste realidade.

Nunca podemos comparar os nossos filhos aos outros. Cada um é como é, e tem esse direito. Se é positivo, devemos valorizar, se é negativo, nunca podemos desvalorizar.

Se uma mulher e um homem podem acrescentar queixa crime de violência doméstica, porque a maioria das crianças não o podem? Porque não podem ser ouvidas?

Questões que dificilmente, tão cedo, terão resposta!

Conforme o documento CDC, os direitos da criança são:

-Direito à não descriminação;

- Direito do seu interesse superior;

- Direito à Sobrevivência e desenvolvimento;

- Direito à opinião;

- Direito a ser protegida contra a exploração económica;

- Direito à educação;

- Direito a um plano de saúde;

- Direito de serem amados;

- Direito a brincar;

- Direito de usar a imaginação;

- Direito a interrogar;

- Direito a errar com a certeza de que lhe expliquem o porquê de ser errado;

- Direito a uma identidade;

- Direito à escolha de orientação sexual;

- Direito a uma rotina.

 E podíamos acrescentar muitos e muitos mais. Está na hora de as nossas crianças serem ouvidas, de terem mais tempo para brincarem com os pais. De terem a paciência dos pais!!

Todas as crianças têm o direito de serem felizes!!!

Partilhar este post...
Tópico anterior Próximo post

Comentarios

Deixe comentário