Depressão Pós-Parto! Desinteresse, Dor e Indiferença!

Depressão Pós-Parto!  Desinteresse, Dor e Indiferença!

Compreender que não é única mamã a passar por esta situação é um importante passo e um grande alívio!

A mamã chora! Chora e só lhe apetece chorar! De repente, o mundo desabou! Aquela barriga que acariciava desapareceu e vai continuar inconscientemente a acariciar até que alguém lhe diga “Estás a mexer na barriga porquê? Tens aí dentro outro?”. Na verdade, são as saudades! Olhar para aquele bebé, mete medo, muito. Medo de não conseguir e de não ser capaz de o entender. Depois, vem a fase de se olhar no espelho e de repente, aqueles 49Kgs, agora são uns 60Kgs. Vai conseguir voltar ao normal? O seu marido vai continuar a gostar de si? Estes são os primeiros sintomas.

Como saber se está com uma depressão pós-parto?

Se sentir algum, vários ou todos estes sintomas, visite um profissional de saúde o mais rapidamente possível.

- Mudanças frequentes de humor;

- Constante tristeza;

- Constante irritabilidade e falta de paciência;

- Dificuldade em dormir ou para não dormir;

- Falta de concentração e raciocínio;

- Perda de apetite ou vontade constante de comer, sobretudo, doces;

- Choro fácil e constante;

- Ansiedade;

- Dificuldade de ligação com o bebé;

- Falta de interesse nas tarefas diárias;

- Tendência em afastar de si as pessoas que mais gosta;

- Constantes pensamentos negativos;

- Medo de não conseguir ser boa mãe;

- Pensamentos de morte ou suicídio. 

São muitos? Pois são, e existem mulheres que os sentem a todos!!!

Nos primeiros dias e até ao primeiro mês de vida do bebé, é normal que as mamãs sintam alguns dos sintomas anteriormente descritos. Porém, quando esses sintomas se mantêm e aumentam, é aconselhável e muito importante que consulte um profissional de saúde imediatamente.

Não vale ter vergonha! Não vale ter preconceito! Não vale ter medo! É uma doença mais comum do que se pensa e se não for tratada, trás consequências graves para o resto de uma vida.

Qual o tratamento?

Primeiro de tudo, é importante que se tenha a compreensão da família e dos amigos mais próximos, pois é um dos passos mais importantes para a recuperação. O tratamento costuma ser feito com medicamentos antidepressivos e por vezes com sessões de psicoterapia. Com o tratamento adequado, a depressão geralmente desaparece dentro de 6 a 12 meses. Não é um processo fácil, principalmente nas primeiras semanas, mas é importante que não desista. A suspensão do tratamento só é feita com a autorização do profissional de saúde.

 Não tenha vergonha! Não seja dura consigo mesma! Aceite ajuda!

Se está a passar por uma depressão pós-parto, precisa de tempo e espaço para se recuperar. Deixe que os seus amigos e familiares a ajudem. Peça ajuda! Permita-se a alguns mimos e lembre-se, tudo vai passar!

Ser mãe é a melhor dádiva da vida, vai aprender e desaprender a ser, todos os dias! Não tenha medo!

Partilhar este post...
Tópico anterior Próximo post

Comentarios

  • Libania - January 23, 2018

    Ola. Sou mamã á três meses e tive depressão pós parto. Não foi fácil mas admiti logo que não estava bem e procurei ajuda. Estou medicada. Estou a adorar ser mamã.

Deixe comentário